UTILIDADES - Minuto Maçônico

223 - CANDELABRO DE SETE BRAÇOS

1º - Segundo a Bíblia, Deus mandou que Moisés fizesse construir um candelabro para o Tabernáculo, que ficava à esquerda. Era de ouro puro, lavrado a martelo e com seis braços, sendo três de cada lado que, com o do centro, formavam sete.
2º - A descrição desse candelabro com todos os seus detalhes encontra-se em Êxodo, 25, 31-40; e 37, 17-24. Josefo e Filon, ambos escritores judeus e Clemente, Bispo de Alexandria, pretendem que o candelabro de sete braços representasse os sete planetas.
3º - Essa mesma interpretação se depreende do Apocalipse de São João, em que os números 7 e 12 são sagrados em todas as teologias, porque exprimem as grandes divisões do mundo:
4º - A do sistema planetário dos antigos e do zodíaco ou a dos signos, os dois grandes instrumentos da fatalidade e as duas grandes bases da ciência astrológica que presidiu à composição dessa obra, segundo A. Vaz de Melo.
5º - O Candelabro de Sete Braços chama-se, em hebraico, Menorah e no Templo de Salomão havia três Menorot (plural de Menorah), que os sacerdotes deveriam acender na véspera das festas.


Lembre-se,

MAÇONARIA ALEGRE E CRIATIVA DEPENDE DE VOCÊ

(saber - querer - ousar - calar)

Rui Tinoco de Figueiredo - MM
ARLS 8 DE DEZEMBRO - 2285
GOSP/GOB Guarulhos - S.Paulo

Agenda de Reuniões

Jornal "O Cruzado"

Área Restrita

Esqueceu a senha?

Patrocinadores