UTILIDADES - Minuto Maçônico

187 - INTUIÇÃO

1º - Em latim "intuitio" vem de "intus" e "ire", ir dentro, penetrar no âmago de uma coisa. O termo intuição foi empregado na filosofia sempre no sentido de penetração na singularidade do objeto por parte do sujeito.

2º - Chama-se intuição a todo conhecimento que se relacione com os objetos, quando este conhecimento se faz sem intermediário, sem raciocínio dedutivo ou por analogia.

3º - Segundo certos filósofos, existem no homem três faculdades intuitivas: a percepção exterior, a consciência e a razão. Não se pode sustentar que a percepção exterior seja devida a uma intuição.

4º - Platão, afirmou-o Shelling, sustenta que a intuição intelectual é o ato real pelo qual a inteligência apreende o absoluto na sua identidade.

5º - A intuição é um conhecimento instantâneo que atinge o objeto na sua realidade individual, não abstrata, e que dispensa o esforço do raciocínio, ela transcende o raciocínio. Há inteligências mais intuitivas e outras mais discursivas. Ambas podem ser grandes e criadoras, conquanto se atribua, em geral, ao gênio, maior poder de intuição.

Lembre-se,

MAÇONARIA ALEGRE E CRIATIVA DEPENDE DE VOCÊ

(saber - querer - ousar - calar)

Rui Tinoco de Figueiredo - MM
ARLS 8 DE DEZEMBRO - 2285
GOSP/GOB Guarulhos - S.Paulo

Agenda de Reuniões

Jornal "O Cruzado"

Área Restrita

Esqueceu a senha?

Patrocinadores