UTILIDADES - Minuto Maçônico

70 - VELAS - 1º

1º - O uso de acender luzes para clarear o local em que se realizam as cerimônias iniciáticas é antiqüíssimo. Na Maçonaria, e também nas religiões, os rituais determinam o número de velas que devem ser usadas e isto depende do grau em que se pretende trabalhar.
2º - É necessário, não obstante, não confundir tal iluminação que é litúrgica, com a geral, que é prática ou ornamental, pois, enquanto esta pode ser elétrica ou outra, aquela só deve ser de vela de cera branca, amarela ou da cor exigida pelo cerimonial.
3º - A matéria prima a ser usada nas velas devia ser a mais pura e a mais natural e somente cera de abelha corresponde a essas qualidades.
4º - Mas como o preço dela seria muito elevado, a maçonaria aceita que nela seja incorporada estearina ou parafina (derivada de petróleo).
5º - Na antiga visão maçônica admitiam as três velas como “pequenas luzes”, isto é, o Mestre da Loja e seus Vigilantes, e denominavam “Grandes Luzes” “o Livro Sagrado, o Esquadro e o Compasso”. (Visão que até hoje predomina)


Lembre-se,

MAÇONARIA ALEGRE E CRIATIVA DEPENDE DE VOCÊ

(saber - querer - ousar - calar)

Rui Tinoco de Figueiredo - MM
ARLS 8 DE DEZEMBRO - 2285
GOSP/GOB Guarulhos - S.Paulo

Agenda de Reuniões

Jornal "O Cruzado"

Área Restrita

Esqueceu a senha?

Patrocinadores